quarta-feira, 29 de agosto de 2007

Um dia, um livro inclusivo


O que é ser igual ao outro? O que é ser diferente? E o que é ser as duas coisas ao mesmo tempo? Vivemos em uma cultura preparada para lidar com a diversidade? O que é ser feliz? Em "Por que Heloísa?", Cristiana Soares levanta essas perguntas e nos faz pensar.

Este livro foi escrito a partir da história real de uma menina que tem paralisia cerebral e vivencia com entusiasmo e bom-humor situações que, à primeira vista, podem nos parecer amedrontadoras.

Como podemos mudar nossa forma de olhar as questões relacionadas à deficiência e à existência humana e colaborar, na prática, para tornar o mundo melhor para TODOS?



O lançamento do livro "Por que Heloísa?", na Livraria da Vila, no dia 04 de agosto de 2007, foi a materialização de um sonho. Não apenas de um sonho pessoal, mas de um sonho coletivo. É uma honra para mim ser instrumento de uma revolução chamada Inclusão.

4 comentários:

LeticiaBúrigoTK-1288 disse...

Divino Cristiana, está aqui aberto um blog de inclusão social. Boa sorte e conte comigo :)

Anônimo disse...

Deficiências
(Mário Quintana)


Deficiente - é aquele que não consegue modificar sua vida, aceitando as imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive, sem ter consciência de que é dono do seu destino.

Louco - é quem não procura ser feliz com o que possui.

Cego - é aquele que não vê seu próximo morrer de frio, de fome, de miséria. E só tem olhos para seus míseros problemas e pequenas dores.

Surdo - é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um amigo, ou o apelo de um irmão. Pois está sempre apressado para o trabalho.

Mudo - é aquele que não consegue falar o que sente e se esconde por trás da máscara da hipocrisia.

Paralítico - é quem não consegue andar na direção daqueles que precisam de sua ajuda.

Diabético - é quem não consegue ser doce, sem sofrer por isso...

Anão - é quem não sabe deixar o amor crescer.

E, finalmente, a pior das deficiências é ser "Miserável", pois "Miseráveis" são todos que não conseguem falar com Deus.


Parabéns Querida!
Vc fez das palavras de Quintana, uma realidade,através de sua linda obra...
obrigada por partilhar tudo isso comigo
beijos
taninha

Simone Parpinelli disse...

"Por que Heloísa? " mobilizou a mim e aos meus alunos. Solicitam, vez ou outra,agirmos como alguém portador de necessidades especiais.Parabéns e muito sucesso! Que após a leitura, as pessoas passem da reflexão à ação, mostrando sempre novas possibilidades a tantas "Heloísas"
que estão precisando de um plano de vôo.

Simone Wolff disse...

Estou tão orgulhosa de vc, Cris ! De ser sua amiga e ter compartilhado com vc uma boa parte desta caminhada....

A Cia das Letras é chiquérrima ! rsrsrs

Mas fiquei orgulhosa de vc não só por isso, mas pq vc é um exemplo de pessoa que soube fazer de um limão extremamente amargo uma limonada maravilhosa e, ainda, compartilhou isto com as pessoas de modo a ajudar tanto aquelas que enfrentam o mesmo sofrimento como aquelas que não o compreendem.

Com isto, todos ganhamos pois aprendemos a lidar melhor com a situação.

Parabéns, querida ! E que muitas novas realizações e sucessos venham pela frente !

Si.